COMPARTILHE

terça-feira, 3 de maio de 2011

PAIXÃO PELA EDUCAÇÃO

Ultimamente tenho me questionado bastante sobre a profissão que escolhi e tenho a cada dia mais certeza de que se tivesse que escolher novamente, escolheria ser professora.
Minhas primeiras professoras me encantaram, principalmente a do segundo ano: Isabel Santos Toledo. Lembro-me muito do seu jeito, do seu porte elegante, da sua dedicação e entusiasmo.
Quero ser um pouco como ela. Hoje as coisas são diferentes mas procuro fazer o mais que posso para tornar-me uma professora que marque de maneira positiva a vida dos meus alunos.
Não sei o que tenho hoje, um pouco de saudosismo talvez. Talvez a aposentadoria se aproximando. Estou me achando um pouco insegura. Será que sobreviverei sem minha rotina apaixonante e tantas vezes estressante? Claro que sim, mas quero me aposentar com qualidade de vida. Tenho assistido a nova propaganda do MEC de valorização do magistério e só tenho um desejo: ter sido uma boa professora para os muitos alunos que já tive.

3 comentários:

Andrea Cristiane disse...

Olá Ivelise, nossa faz tempo que me visitou e hoje vim te ver e ao ler seu post, lembrei-me muito de algumas professoras que marcaram: Prof Marina, minha primeira professora, linda amável, prof Dalva - quarta série (era brava, chamava a todos pelo sobrenome, mas fazia tudo por nós), prof Beatriz - geografia adorava os Beatles, Prof. Rosinha - ciências assim como o nome era uma flor de doçura, prof Pérola geografia, sentava na ponta da mesa e nos fazia viajar pela Groenlândia e tudo o mais, sem precisar abrir o livro, lembro que ficávamos fascinados durante a aula. Parabéns por ser professora e gostar do que faz, tenha certeza que será lembrada no futuro, grande beijo.

Lucinhashomeandgarden disse...

Ivelise,

Sua profissão é linda. Lembro-me de minhas professoras e sinto muita saudade.
Quando você se aposentar, tente colocar em prática o que você escreveu sobre qualidade de vida. Boa sorte!
Abraço

Flor de Alfazema disse...

Minha prima é professora no Paraná e sempre comenta o quanto é difícil ser professora em escolas públicas... Bem, eu tiro meu chápeu para todas as educadoras, pois só com amor e dedicação para enfrentar uma sala de aula. Eu lembro da minha profe da 1.série com muito carinho, pois era uma maravilha de pessoa...Bjos.